Viagens de avião de Gelson Merísio na mira do Tribunal de Contas e do MP

28/04/2021

O pré-candidato ao governo do estado, Gelson Merísio (PSDB), já está em pré-campanha para as eleições estaduais de 2022 mas vai precisar encontrar espaço na agenda para cuidar de um assunto que vem incomodando órgãos como o MP e o Tribunal de Contas do Estado.

Isso porque, na época em que Merísio foi presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, uma viagem fora da agenda oficial não ficou bem explicada. O Tribunal de Contas quer saber por qual razão Merísio se deslocou do centro de Florianópolis até o Costão do Santinho, uma distância relativamente pequena, utilizando o avião que à época estava à disposição para uso em compromissos oficiais do governo, o que não seria o caso.

A partir desse episódio, o Ministério Público solicitou a cópia do contrato nº 001/2013-SCC para averiguar gastos do governo na contratação de aeronaves.

Desta forma, no dia 23 de abril, o Diretor de Contas de Gestão do Tribunal de Contas de Santa Catarina, Sidney Antonio Tavares, enviou um ofício ao Chefe da Casa Civil, Gerson Luiz Schwerdt, solicitando documentos de contratos e convênios firmados entre o governo do estado e uma empresa de aeronaves. A documentação deverá ser entregue num prazo de dez dias.

Gelson Merísio concorreu às eleições em 2018, pelo PSD, mas perdeu no segundo turno para o então candidato do Bolsonaro, o Comandante Moisés (PSL). Além disso, Merísio capitalizou a fama de ser um bom articulador político e ultimamente foi apontado como o responsável pelas articulações e nomeações da governadora interina, Daniela Reinehr.

Enquanto não foca na campanha do ano que vem, o ex-presidente da Alesc também mantém a função de Conselheiro na empresa JBS.

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novidades no seu e-mail