Previous
Next

Urussanga: PF entrega à Justiça relatório com denúncia de mais de R$ 640 mil em superfaturamento

13/09/2021

Já está com a Justiça Federal o relatório conclusivo da Polícia Federal em torno da Operação Benedetta. O resultado do inquérito, que foi entregue na tarde desta segunda-feira (13), aponta entre as supostas irregularidades superfaturamento superior a R$ 640 mil. Em nota oficial, a PF revela a execução de obras públicas em desacordo com os projetos. “Em apenas duas das obras realizadas com recursos do FINISA [Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento] os exames periciais identificaram a prestação de serviços superfaturados em valor superior a R$ 640 mil”, destacou a PF.

Deflagrada em 20 de maio, a Operação Benedetta, indiciou 14 pessoas, entre servidores públicos municipais, engenheiros e empresários, pela prática dos crimes de organização criminosa, desvio de recursos, extravio, sonegação ou inutilização de livro ou documento, falsidade ideológica e peculato. O prefeito reeleito, Gustavo Cancellier (PP), afastado do cargo, está entre os indiciados.

As penalidades, conforme o comunicado da PF, que culminadas podem chegar a 29 anos de reclusão, podem variar e não necessariamente serão imputadas de maneira igual a todos os envolvidos, pois cada investigado responderá na medida de sua culpabilidade.

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novidades no seu e-mail