Frio intenso: Municípios se organizam para aquecer população necessitada

28/07/2021

Com a previsão do tempo anunciando nível recorde de frio para os próximos dias, diversos municípios do Sul de Santa Catarina estão se mobilizando estratégias para amenizar os efeitos das baixas temperaturas na população carente.

Içara             

Em Içara, após de rondas da Secretaria de Assistência Social e da Defesa Civil de Içara na noite de ontem, dia 27, os órgãos iniciaram a distribuição de cobertores, mantas e meias para os mais necessitados. “Entendemos a necessidade de adquirir cobertores, meias e fazer essa distribuição. Fazemos o pedido, caso conheça alguma pessoa que esteja precisando de ajuda, nos informe. Vale lembrar também que temos roupas disponíveis no bazar solidário, que está localizado no Centro da FAI, na Avenida Procópio Lima, com atendimento das 8h às 17h, sem fechar ao meio dia”, afirmou o secretário de Assistência Social, Eduardo Michels Zata. Segundo Zata, a população pode também procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) dos bairros Esplanada e Jaqueline ou contar com os serviços de acolhimento social no telefone 48 9 9187-5565.

Maracajá

Em Maracajá, em força tarefa, integrantes do Conselho Municipal da Defesa Civil, juntamente com o Departamento de Assistência e Bem-Estar Social e Prefeitura Municipal de Maracajá, visitaram pontos estratégicos da cidade, como postos de combustíveis, supermercados, restaurantes, lanchonetes e viaduto, onde foram afixados cartazes com telefones, caso alguma pessoa em situação de rua necessite de ajuda. “Contamos com o apoio dos comerciantes e da população, para que nos auxilie neste resgate, pois a previsão é de muito frio, que pode segundo os médicos trazer riscos de hipotermia para as pessoas em situação de rua”, explica a diretora de Assistência e Bem-Estar Social de Maracajá, Suélen Zandonadi.  Ela salienta que as pessoas resgatadas serão encaminhadas para a Comunidade Terapêutica Resgatando Vidas, em Araranguá. Um levantamento das famílias em vulnerabilidade social cadastradas no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) também foi realizado. “Vamos assistir cerca de 114 famílias, onde vamos disponibilizar agasalhos, mantas infantis e edredons”, relatou a diretora.

O município recebeu através de doação das empresas Ramage Conwer Indústria de Confecções e Confecções Rejean, 100 edredons, nove chinelos, nove cobertores de soft, nove leggings e cinco edredons de berço, para que a Assistência Social do município disponibilize aos mais necessitados. A empresa Mamber Bordados da cidade de Turvo também realizou a doação de cinco edredons. Os interessados em colaborar com a doação de agasalhos, cobertores, produtos de higiene e alimentos podem levar diretamente na sede do CRAS ou ainda ligar no 3523-0318 que a equipe da Assistência social busca as doações. O Conselho Municipal da Defesa Civil estabeleceu um plantão por meio de alguns números de telefones, caso alguém observe pessoas em situação de rua ou de vulnerabilidade. Assistência Social (98827-0537) e Defesa Civil (98419-5029 e 98802-2395).

Sombrio

A Prefeitura de Sombrio, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, iniciou na noite desta terça-feira (27), um trabalho de prevenção e cuidado com moradores de rua e cidadãos em vulnerabilidade social. Um carro com uma equipe da assistência social e defesa civil realizará ronda noturna até a 0h, numa busca ativa de cidadãos em situação de rua, para que possam ser levados à Casa da Fraternidade, abrigo da Igreja Amor e Graça, que tem parceria com a Prefeitura de Sombrio.

Além disso, as paróquias de Santo Antônio de Pádua e São João Paulo II, também ofereceram seus salões paroquiais, caso o município precise para abrigo, bem como o ginásio Rogério Valerim, disponibilizado com colchões utilizados para alojamentos de atletas em competições fora do município, pela Gerência Municipal de Esportes. A decisão, na reunião, foi centralizar nas salas em baixo do Salão Paroquial de Santo Antônio de Pádua, que têm aparelhos de ar condicionado. A Prefeitura recebeu mais 70 cobertores e edredons, para distribuição. Se você encontrar alguém em situação de rua ou família precise de cobertor, pode acionar o plantão do Creas no número 35335261 ou 996456666.

Deixe seu comentário:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novidades no seu e-mail